O regresso a Setúbal de um bar com música ao vivo

No novo compasso da noite sadina conjugam-se cocktails, DJ e atuações ao vivo de grupos locais e nacionais, do rock ao funk, passando pelo flamenco, jazz, bossa nova ou tributos.

Uma rampa de lançamento artístico para as bandas locais e regionais e um ponto ideal para quem gosta de assistir a música ao vivo é o que se encontra no Decibel – Live Music Bar, um projeto que Miguel Gonçalves, 39 anos, levou para o panorama da diversão noturna setubalense este verão. «Transformámos uma antiga discoteca de música house e techno num espaço de música ao vivo e já trouxemos aqui dez bandas de Setúbal para lhes dar impulso», conta o empresário.

Miguel quer contribuir para expandir os gostos musicais do público – que «não arrisca naquilo que não conhece» – e por isso desenhou um bar para devolver à cidade «uma oferta que deixou de existir» ou é escassa, desde que há dois anos encerrou um dos últimos redutos da música ao vivo na zona dos bares. Ao fim de quatro meses de obras onde havia funcionado uma discoteca, o estrado de madeira do espaço foi transformado em tampos de mesas, as velhas janelas viraram objetos de decoração e apareceu um piano no centro da sala. Tudo ideias do decorador setubalense João Maria, que fez questão de assinar o projeto com um enorme espelho e um baú que tinha em casa.

«O bar foi mesmo construído para a música ao vivo», com o palco de dimensões generosas ao centro e os balcões de bar e zonas de estar em redor. Antes de as bandas subirem ao palco, o DJ Mancha passa o chamado «rock Seagull» (aquecendo toda uma geração habitué daquela mítica discoteca dos anos 1980 e 1990) e a equipa de bar prepara até cinco cocktails de autor que acrescentam interesse face aos tradicionais cocktails clássicos, gin, vinho a copo ou cerveja. O Decibel (com aguardente de medronho, sumo de laranja e granadine) e o Luísa Todi Loves Strawberries (com vodka, bols morango, morangos e limão) são dos mais pedidos (6,50 euros), pela inspiração óbvia que têm ao bar e à cidade. Está dado o tom para o início da noite.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua Guilherme Gomes Fernandes, 60, Setúbal
Telefone
962601469
Horário
Sexta e sábado, das 21h00 às 03h00.
Custo
(€€) Preços: cocktails a 6,50 euros, entrada 3 ou 5 euros (consumíveis)


GPS
Latitude : 38.52032386252915
Longitude : -8.901387377909828

 

Leia também:

No novo restaurante de Setúbal o bife faz-se com pedra de sal
O doce licor de laranja está de volta a Setúbal
Este moscatel de Setúbal foi eleito o melhor do mundo