No novo bar da Mouraria, há cocktails com alma basca e italiana

Quattro Teste.
No Quattro Teste, novo bar da Mouraria, juntam-se cocktails de autor e petiscos em homenagem às origens basca e italiana dos donos, um casal que escolheu a capital para mudar de vida.

Para Alf del Portillo e Marta Premoli, o casal de bartenders que escolheu Lisboa para mudar de vida, os quilómetros de distância vão-se encurtando ao ritmo dos shakers. “Este é o meu preferido, é como estar em casa”, explica Alf enquanto serve um kalimotxo, cocktail clássico do País Basco com vinho tinto de Rioja, refrigerante e framboesas. Ele é basco, ela é italiana, da zona de Milão. Já trabalham no mundo da mixologia desde os 16 anos e assentam agora arraiais na capital, depois de passagens por cidades como Amesterdão e Londres.

Na Mouraria, no espaço onde funcionou em tempos uma tasca, surge agora o novo bar Quattro Teste, onde se homenageia tanto o País Basco como Itália nos cocktails, cervejas, vinhos e nos petiscos criados para os acompanhar, tanto ao final de tarde como noite fora. Atrás do balcão, a dupla responsável complementa-se e equilibra-se. “Eu sou a mais organizada, ele é o criativo”, ri-se Marta, acerca do companheiro, vencedor da World Class Cocktail Competition em 2015.

No novo Quattro Teste, há cocktails de autor com inspiração basca e italiana.

A cidra à pressão é outra das propostas da casa.

A poucos minutos do Castelo de São Jorge provam-se várias versões de um dos clássicos da mixologia, o negroni; cidra basca à pressão, mais seca e a assemelhar-se mais a um vinho; cervejas e vinhos de ambas as origens do casal; e cocktails como o fresco e frutado Usoa (vinho Astobiza Txakoli, vinho Tio Pepe, sumo de toranja-rosa); o mais doce Montenegro Punch (licor Amaro Montenegro, whisky, soda de cereja); o Kendall (gin, licor de anis, xarope de paprica, sumo de laranja e limão); e o leve Garibaldi Libero (mocktail, com aperitivo Crodino não-alcoólico e sumo de laranja).

Para ir “picando”, há sugestões fiéis aos pintxos bascos e ao aperitivo italiano – com algumas opções vegetarianas, pelas mãos da jovem chef Clara Uchôa: casos das tortilhas de batata; lulas fritas; ravioli de abóbora e amêndoa; cogumelos confitados com tofu fumado; croquetes de presunto ibérico e grana padano; queijo caciocavallo com doce de frutos vermelhos; a beringela à Parmigiana; polenta e gnocco frito com molho de gorgonzola ou a focaccia caseira com espargos e alho confitado. Em janeiro, chegam já outras novidades, como as tábuas de produtos italianos e as burratas.

O casal responsável pelo bar da Mouraria.

Para acompanhar as bebidas, aposta-se nos petiscos.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua de São Cristóvão, 32, Lisboa
Horário
Das 17h às 01h. Sexta e sábado, até às 02h. Domingo, até às 00h. Encerra quarta.
Custo
() Preço: cocktails desde nove euros.

Website

GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend