A nova loja da Portela, em Lisboa, é uma viagem pelo mundo do café

A nova loja da Portela, na Avenida António Augusto Aguiar, tem 150 metros quadrados dedicados ao café. (Fotografia de Reinaldo Rodrigues/GI)
A Portela reforçou a sua presença na capital com uma moderna loja na Avenida António Augusto de Aguiar. Além de café há pão da Gleba, tapiocas, piza à fatia e um espaço que em breve receberá tertúlias e workshops.

“Mais do que [proporcionar] uma experiência de sabores, aromas ou origens, queremos tornar os clientes desta nova loja verdadeiros especialistas em café e tudo o que gira à sua volta”, começa por dizer Sónia Marçal num périplo pelo novo espaço da Portela, na Avenida António Augusto de Aguiar, no centro de Lisboa. São 150 metros quadrados que se desdobram em várias valências – muito além do café – assinalando os 45 anos da torrefatora familiar, fundada em 1977 por Ângelo Marçal.

Num dos extremos da loja encontra-se uma seleção de pão da Gleba e um balcão com salgados (sanduíches, empadas, fatias de piza Al’ Taglio, entre outros) e doces (como pastéis de nata, pão de Deus, croissants e scones). Há também opções de pastelaria fina e bolos à fatia, assim como novas tapiocas doces e salgadas. No outro canto, perfilam-se pralinés e bombons e há gelados de chocolate, baunilha, caramelo salgado, avelã e morango da Gulato (da Comporta), em copo ou cone.

Os clientes menos experientes podem ser aconselhados pelos baristas de serviço em relação ao tipo de café e ao método de extração (V60, chemex, syphon, french press, balão, filtro…) que melhor servem os seus gostos. O café é torrado origem a origem, de forma a respeitar as caraterísticas organoléticas dos grãos, e chega de produtores certificados ao nível do processo de cultivo e cuidados com o ambiente. Só depois das torras são criados os blends de assinatura, pela equipa da Portela.

Nas prateleiras há novidades e blends que vale a pena conhecer. O mais recente, lançado em maio, é o lote Lisboa, 100% arábica, “com notas de cacau, noz e canela”. Já o Cinco Estrelas é um blend de arábica e robusta “aprimorado ao longo de muitos anos de provas e afinações”, “um café encorpado e também aveludado”. O lote Oriente, por sua vez, junta “caraterísticas de três continentes num sabor intenso e encorpado”, inspirado nas viagens dos Descobrimentos portugueses.

(Fotografia de Reinaldo Rodrigues/GI)

No portefólio da Portela também existe um descafeinado 100% arábica, sendo que todos os cafés podem ser comprados para fazer em casa (alguns até em cápsulas compatíveis com máquinas Nespresso). De forma a contribuir para o conhecimento dos consumidores em relação ao café de especialidade, a Portela criou ainda um espaço para tertúlias e workshops, para falar do processo que vai da semente à chávena, origens e preparações de bebidas com e sem leite, entre outros assuntos.

“O café é um mundo de conhecimento que vale a pena explorar, e um ex-libris com muita história e outras tantas estórias para contar”, resume Sílvia Marçal. Da Casa dos Cafés da Portela, no centro comercial homónimo, a marca tem vindo a expandir-se sustentadamente e soma hoje mais de 10 lojas na zona da Grande Lisboa e uma torrefação, na loja-mãe que se mantém na Portela. Todo o processo, desde a produção ao embalamento e distribuição, está sob alçada da Portela.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Avenida António Augusto de Aguiar, 58H (Lisboa)
Telefone
219458100
Horário
De segunda a sexta, das 07h30 às 21h. Fim de semana, até às 20h.
Custo
(€) Expresso, 0,90 cêntimos; café para partilhar a partir de 4 euros; brunch a partir de 15,65 euros.


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend