Porto: Já pode dormir numa casa barco no rio Douro

Os amigos Mex Machado e João Gil Oliveira, praticantes de desportos náuticos desde miúdos, decidiram proporcionar uma experiência diferente a quem visita o Porto: desde há uma semana, disponibilizam uma casa barco, em pleno rio Douro, para dormidas e passeios.

«É um sentimento de liberdade total. Abrimos a cortina e temos a vista rio. Pode-se escolher onde dormir, e nesse caso terá uma vista extra», conta Mex Machado. Se o cliente tiver carta de marinheiro, pode conduzir a embarcação, 100% elétrica, pelo que «não faz barulho, só se ouve a água». E o espetáculo adquire contornos especiais ao pôr-do-sol.

Para proporcionar «uma melhor experiência», a casa está equipada com bicicletas, canoas, uma boia de diversão, prancha de stand-up paddle e outros equipamentos, cuja utilização está incluída no valor do aluguer: 190 euros por noite. Existe ainda a possibilidade de fazer jet ski, com um custo acrescido.

A casa barco dispõe de um quarto com cama de casal, um sofá cama, cozinha, casa de banho e deck na parte superior, para banhos de sol e de paisagem. São ainda disponibilizadas máquina de café, televisão e outras comodidades, entre elas, um telemóvel com internet e chamadas ilimitadas, que inclui recomendações de eventos, restaurantes, museus e paisagens a conhecer, com a respetiva localização.

A embarcação pode ser atracada em qualquer marina, mas encontra-se na do Freixo, o que permite utilizar o passadiço no rio Douro para corridas ou passeios de bicicleta – em dez minutos, está-se no centro da cidade. Deixar o carro não é problema, porque há parque de estacionamento gratuito a cinco minutos da estação de Campanhã. Está acessível através da plataforma de alojamento Airbnb, ou por e-mail.

Um casal australiano já experimentou a casa barco. «Adoraram conhecer os vinhos portugueses enquanto observavam a beleza da ribeira, da foz e as praias fluviais. Para eles, foi uma experiência diferente», afirma Mex Machado. A pernoita é para duas a quatro pessoas, sendo que, se for alugada só para passeio, pode albergar sete – oito, se algum dos clientes tiver carta de marinheiro. Mais, se estiver parada no rio. Sendo que se aconselha a estada de crianças a partir dos 7 anos, para que possam usufruir de todas as valências.

Convívios em família ou entre amigos e escapadas românticas são possíveis durante algumas horas, manhãs, tardes ou dias inteiros, estando incluída a utilização dos equipamentos desportivos e de diversão. Os passeios custam a partir de 150 euros (duas horas), podendo englobar provas de vinhos, lanches, subidas pelo rio com paragens gastronómicas e outros programas.

Mex Machado e João Gil Oliveira decidiram avançar com o projeto porque entenderam que o mercado de alojamento, no Porto, «estava a ficar muito homogéneo». Perceberam que no norte não havia nenhuma casa barco e quiseram proporcionar algo diferente aos clientes.

Os dois amigos estão juntos na empresa de comunicação e de experiências M XGenious, que detém a casa barco, sendo que Mex Machado é sócio de outra empresa de tecnologia e prepara-se para voltar a vestir a pele de piloto de ralis, como há uma década. Por enquanto, a condução é tranquila, e faz-se pela água.

Oporto Douro Floating House
Airbnb: www.airbnb.pt/rooms/26567682?preview_for_ml
E-mail: oportodourofloatinghouse@gmail.com
Dormida, 190 euros por noite, para duas pessoas; passeios a partir de 150 euros.

Leia também:

Nesta rua do Porto passeia-se com paisagem, junto ao rio
10 restaurantes no Porto para fugir aos turistas
Arribas do Douro: Um paraíso ainda desconhecido por muitos

 

Não Perca