Imagem do dia: Contemplar na aldeia mais portuguesa

Desde Monsanto há extensas vistas que ultrapassam fronteiras. A parte mais antiga desta aldeia do município de Idanha-a-Nova é o seu castelo, construído pela Ordem dos Templários no século XII.

Percorrendo os trilhos pedestres que vão dar ao Castelo de Monsanto, chega-se às ruínas da Capela de São João. O seu arco enquadra o fim da Beira Baixa e o início do Alto Alentejo, com a Estremadura espanhola a adivinhar-se lá ao fundo. A capela, da qual resta apenas o arco e algumas pedras das paredes fazia parte da Igreja de São Miguel, que remonta ao início da nacionalidade e que se encontra também fora das muralhas do castelo. Olhando para o outro lado já se vislumbra uma das muralhas do castelo. Monsanto tem o título de aldeia mais portuguesa de Portugal, que remonta a 1938. Desde 1995 que também faz parte da rede das Aldeias Históricas.

Leia também:

Imagem do dia: Casas do Lupo, entre o rústico e o moderno
Sugestão do dia: mergulhar em São Pedro do Sul
Sugestão do dia: Apetece estar no… Porto das Barcas