Há um festival de arte que vai tomar conta dos canais de Aveiro

(Fotografia de Maria João Gala/GI)
De 12 a 16 de julho o Festival dos Canais volta a invadir a ria de Aveiro para uma segunda edição. Concertos, teatro de rua e circo contemporâneo fazem parte do programa.

O Festival dos Canais está prestes a regressar a Aveiro. De 12 a 16 de julho, o evento leva à cidade espetáculos de música, teatro de rua, atividades desportivas e de lazer, oficinas criativas, entre outras intervenções no espaço público com o objetivo que promover a cultura.

Este ano o cartaz promete ser «maior e melhor», explicou o presidente da Câmara de Aveiro Ribau Esteves, durante a apresentação do Festival. São esperados artistas e estruturas de 10 países e mais de 60 ações que vão decorrer ao longo dos canais urbanos da ria e algumas ruas da cidade. O autarca considerou ainda o evento como uma «peça contributiva muito importante» na candidatura de Aveiro a Capital Europeia da Cultura em 2027.

O festival é de entrada livre e um dos destaques do programa é a companhia alemã Groteste Maru, que vai apresentar três espetáculos, Timebank, Moth e Maru, este último inspirado nas peregrinações a Santiago de Compostela. No programa estão ainda previstas atuações dos Gandini Juggling, uma das maiores companhias internacionais de circo contemporâneo, e concertos no Cais da Fonte Nova, de Jimmy P, Ana Moura, Pedro Abrunhosa e Richie Campbell, a fechar o festival.

Leia também:
Aveiro: Arte e hambúrgueres num só restaurante
Croissanteria Oita reabriu em Aveiro com doces e salgados
Duas ruas de Aveiro que não vai querer perder