O cinema de culto chega aos terraços de Lisboa

(Fotografia de Hampus Alexander/www.hampusalexander.com)
Dois ingleses criaram a Cine Society, uma sociedade que quer levar o melhor cinema aos terraços lisboetas. O TOPO Chiado é a primeira sala ao ar livre do evento que dura até setembro.

Os luxuosos terraços – ou rooftops – de Lisboa têm quase tudo. Cocktails e alta cozinha, cerveja artesanal e piscinas, sofás e petiscos tradicionais. Faltava-lhes uma sala de cinema ao ar livre. Esta quinta-feira, também essa falha fica colmatada, graças ao Cine Society.

O conceito não é original. Sessões de cinema em rooftops com vistas soberbas já se fazem em cidades como Londres ou Nova Iorque, mas «nenhuma dessas cidades tem o tempo de Lisboa», explica Chris Wood, um dos mentores. O inglês natural de Manchester juntou-se a Phil Ilic, londrino, para unir a paixão dos dois pelo cinema à beleza da capital portuguesa.

«Os terraços de Lisboa são impressionante e a linha do horizonte, com a combinação entre as velhas casas e os edifícios modernos, é das melhores que já vi», revela o inglês de 34 anos, que já viveu em cidades como Londres, Milão ou Florença.

O cenário escolhido parece, passe a expressão, saído de um filme. Com o Convento do Carmo, o elevador de Santa Justa e o Castelo de São Jorge ao fundo, a emoldurarem o cenário, o terraço do TOPO Chiado é perfeito para assistir a um filme.

A estreia acontece esta quinta-feira, 22 de junho, com a sala improvisada a ser montada para acolher os primeiros visitantes a partir das 21h00. Na tela irá passar o filme de Wes Anderson “O Grande Hotel Budapeste” – um evento que já está esgotado. Sem preocupações, até porque o Cine Society irá manter-se por Lisboa pelo menos até setembro, com sessões semanais marcadas para todas as quintas-feiras, no mesmo local.

A imagem projeta-se numa tela. E o som? Esse sai dos auscultadores sem fios, entregues a cada um dos espectadores, que assim podem ir ao bar buscar mais uma bebida, sem que lhes escape nenhuma cena.

(Fotografia de Hampus Alexander/www.hampusalexander.com)

Cada sessão irá ter um atrativo diferente, além da exibição do filme. Para acompanhar O Grande Hotel Budapeste, será criado um cocktail especial e uma banda irá tocar ao vivo temas da banda sonora.

«Sabemos que as pessoas podem ver qualquer um destes filmes na Netflix ou na Amazon, por isso o Cine Society vale pela experiência», explica.

A próxima sessão disponível está agendada para 29 de junho, na companhia de Marty McFly e Dr. Emmet Brown, que é como quem diz, para ver Regresso ao Futuro. De preferência, vestido a rigor: «Alguns dos convidados avisaram que iriam vestidos a rigor e nós achámos piada à idea. Assim, convidámos toda a gente a regressar aos anos 80 para a próxima sessão».

Na agenda seguem-se filmes como Birdman, Trainspotting, Fight Club, Top Gun, O Lobo de Wall Street ou O Grande Lebowski. Escolhas «de culto» e «filmes que ninguém se importa de rever duas ou três vezes».

Em estudo está também a inclusão de novas zonas para assistir aos filmes – as cadeiras para casais e os sofás e almofadas gigantes para uma experiência mais relaxada – e também um novo espaço para receber as sessões de cinema, o Village Undeground.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Terraços do Carmo, Lisboa
Horário
Das 12h00 às 00h00; sexta e sábado, até às 02h00. Não encerra.
Custo
(€€) 25 euros


GPS
Latitude : 38.712575
Longitude : -9.140007999999966