Este fim de semana há comida de rua (da boa) no Beato

Sangue na Guelra: Este fim de semana há comida de rua (da boa) no Beato
Chefs nacionais e estrangeiros de primeira linha vão servir a sua versão de comida de rua.
O HUB criativo do Beato, em Lisboa, foi o local escolhido para acolher a primeira edição do Blood n’Guts Food Festival nos dias 6 e 7 de maio. Chefs nacionais e estrangeiros de primeira linha vão servir a sua versão de comida de rua.

Na sua quinta edição, o festival Sangue na Guelra-Blood n’Guts chega finalmente à rua. Ou quase. O que no início se revelou como «uma necessidade de quebrar as regras e de trazer novas inspirações a Portugal», relevam Ana Músico e Paulo Barata, fundadores e mentores do festival, o tempo e a crescente visibilidade transformaram em algo maior: «Não é um evento; é uma celebração à volta da gastronomia a partir da qual se criam amizades, se estabelecem plataformas e se trocam experiências, contactos, produtos».

Por isso mesmo, e depois de um primeiro dia aberto a todos mas mais voltado para o meio gastronómico — um simpósio sob o mote «Cozinha Portuguesa. E agora?» —, eles quiseram promover um encontro entre o grande público e cerca de duas dezenas de chefs nacionais e estrangeiros de primeira linha. Há muito que a ideia de passar a incluir um festival de comida de rua na programação do Sangue da Guelra estava na mente dos seus organizadores, mas só este ano encontraram o espaço e os parceiros certos para o fazer.

Ana Músico, ex-jornalista, e Paulo Barata, fotógrafo, não eram estranhos ao universo da gastronomia, mas estavam longe de saber que, passadas quatro edições, chegariam a 2017 e à quinta edição anunciados internacionalmente «como um dos festivais mais irreverentes da Europa». Isso reforçou a convicção de que precisavam, uma vez mais, desafiar os cozinheiros a sair das suas cozinhas para criar e servir «comida de forma diferente e mais acessível, mas sempre com a identidade própria de cada um deles».

Entre os que aceitaram o repto estão nomes como Juan Azoritz, sous-chef do Mugartiz (2** Michelin), Henrique Sá Pessoa (Alma, 1* Michelin), José Avillez (Belcanto, 2** Michelin), Leo Carreira (Londrino, Londres), Alexandre Silva (Loco, 1* Michelin), João Rodrigues (Feitoria, 1* Michelin), Hugo Nascimento (Tasca da Esquina) ou Lujbomir Stanisic (Bistro 100 Maneiras), uma celebridade desde que o seu Pesadelo na Cozinha (TVI) se tornou um dos programas mais vistos em Portugal.
Com lotação máxima para 1500 pessoas por dia, este evento desenrola-se de 6 a 7 de maio, entre as 12 e as 22 horas, no HUB Criativo do Beato. A entrada é livre para crianças até aos seis anos, pagando os restantes uma entrada diária de quatro euros. Os preços de cada prato variam entre os cinco e os sete euros.

Informações úteis:

Local: HUB Criativo do Beato – entrada pela Rua da Manutenção, 118
Horário: das 12h00 às 22h00
Autocarros: 728 e 759
Bilhetes à venda em ticketline.sapo.pt ou, no próprio dia, nas bilheteiras do evento.
Mais informações em sanguenaguelra.pt



CONTEÚDO PATROCINADO