No hotel 1908 há o brunch mais infame de Lisboa

No hotel 1908 há brunch mais infame de Lisboa
Com 108 lugares sentados, distribuídos por um piso térreo e um mezanino, o Infame, contíguo ao bar 1908 e com serviço de esplanada, está a cargo de Nuno Bandeira de Lima.
Graças ao restaurante e ao hotel recentemente abertos, aquela que já foi a esquina mais infame de Lisboa, no Intendente, voltou a andar nas bocas do mundo por boas razões. A última boa nova é o brunch de domingo.

Por demasiado tempo, a esquina agora ocupada pelo restaurante aberto há poucos meses — e que é parte do 1908 Lisboa Hotel, instalado num edifício do início do século XX distinguido com o Prémio Valmor — viveu mergulhada na boémia e na prostituição, dando justificada má fama a toda a zona do Intendente.

Tudo isso passou à história sem se renegar o passado maldito. Com 108 lugares sentados, distribuídos por um piso térreo e um mezanino, o Infame, contíguo ao bar 1908 e com serviço de esplanada, está a cargo de Nuno Bandeira de Lima (ex-The Insólito), que tem procurado criar uma ementa variada em que a proteína seja o mais possível portuguesa, deixando as influências multiculurais para as guarnições.

Faltava no cardápio disponível o brunch de fim de semana, prometido desde o início. O dia escolhido foi o domingo, no horário entre as 11h30 e as 16h30, e no lugar de um, foram criadas três opções: a original (17 euros por pessoa, que inclui especialidades como o taco de pá de porco com maçã verde em pickles, agrião e molho sweet chilli, além de um cesto de pães com manteiga e compotas, requeijão, queijo e fiambre, baked beans com enchidos, ovos mexidos com cebolinho, iogurte com granola e fruta, entre outras coisas; a vegetariana (mesmo preço), onde o taco vem antes recheado com pasta de feijão, pimentos, agrião e picles de cenoura, e os baked beans são substituídos por um prato de tofu em cinco especiarias com húmus; e ainda o soft brunch (10 euros por pessoa), para quem deseja um pequeno-almoço tardio composto mas mais leve.

A esta fórmula individual junta-se uma pensada para as famílias, em que, por 35 euros, dois adultos e uma criança (até aos 12 anos; cada criança extra paga mais seis euros) podem «brunchar» naquela que passou de infame a uma das esquinas mais cool da capital.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Largo do Intendente Pina Manique, 4, Lisboa (Intendente)
Telefone
218804008
Horário
Das 12h00 às 15h00 e das 19h00 às 22h00. Sexta e sábado até às 23h00. Não encerra.
Custo
(€€) 25 euros


Info
portuguesa, Lisboa, restaurante, fusão, oriental
GPS
Latitude : 38.7204892
Longitude : -9.135290299999951

 

Leia também:

Infame: o novo restaurante à esquina do Intendente
Há um Sushi no Intendente que merece ser visitado
Um mundo para descobrir na Almirante Reis



CONTEÚDO PATROCINADO