Douro e Lisboa têm dois hotéis na lista de ouro da Condé Nast

Portugal surge entre os 46 países de seis continentes que mereceram destaque na Gold List da Condé Nast Traveler.

A contagem para o início do novo ano começa a ser feita e a Condé Nast Traveler já revelou os seus hotéis, resorts, cruzeiros, spas e outros favoritos de 2016, a que vale a pena voltar. A lista completa será divulgada na edição de janeiro de 2017 mas, até lá, o site da The Condé Nast Traveler dá já acesso à Gold List deste ano.

No total, a lista anual de ouro destaca 46 países de seis continentes, entre os quais surge Portugal representado sob a forma do Palácio Belmonte, em Lisboa, e do Six Senses Douro Valley. Este último constava já na Hot List deste ano da mesma publicação, que premiou os melhores 60 hotéis abertos nos últimos 12 meses.

Sobre o novo prémio do resort, o diretor geral do Six Senses, Nicholas Yarnell, afirmou: “Estar nesta lista entre importantes hotéis, em destinos turísticos reconhecidos, mostra que o Six Senses e o Vale do Douro são uma escolha de confiança. Estamos verdadeiramente encantados”.

Junto às Portas do Sol, em Lisboa, o Palácio Belmonte mereceu também atenção por parte dos editores da Condé Nast Traveler, que elogiaram as paredes revestidas por mais de 30 mil azulejos portugueses, que guardam séculos de história, e que são”complementadas pela sonhadora música do fado”. Com apenas 11 quartos, o hotel proporcionou ao repórter da revista de viagens a sensação de que tinha “todo o palacete para si”.

Veja mais:

Os dois hotéis portugueses entre os melhores do mundo

 



CONTEÚDO PATROCINADO