Bareme Imprensa: Evasões volta a conquistar leitores

A revista de sexta-feira do DN e do JN atingiu 386 mil leitores, tendo consolidado a sua posição à frente da revista do Expresso e do Fugas do Público.

Desde que a Evasões – da Global Media Group – passou a semanal, há um ano e oito meses, que a curva da audiência tem sido ascendente. No período homólogo de 2015, a revista era lida por 329 mil pessoas e agora conquistou mais 57 mil leitores, segundo o Bareme Imprensa, estudo de audiências da Marktest.

A Evasões, que sai às sextas-feiras com o Diário de Notícias e o Jornal de Notícias – e que pode ser comprada separadamente a partir de sábado – teve uma audiência de 4,5% (386 mil leitores), mais 0,1 pontos percentuais do que na vaga anterior e mais 0,7 pontos percentuais do que no período homólogo do ano passado. Já a revista do Expresso teve uma audiência de 3,2% (274 mil leitores) e o Fugas do Público 2,1% (184 mil leitores).

Entre os 17 suplementos analisados, exceto o Emprego do Expresso e o JN Classificados, a Evasões foi o único título que subiu entre a primeira e a segunda vaga de 2016.

Já os diários generalistas do Global Media Group, o Jornal de Notícias e o Diário de Notícias obtiveram 10,6% e 3,7%, respetivamente. Ou seja, os títulos foram lidos em média por 910 mil e 317 mil leitores, respetivamente. O desportivo O Jogo é lido diariamente por 469 mil pessoas (5,5%).

Por fim, o suplemento Dinheiro Vivo é o título económico mais lido do país. Com 269 mil leitores semanais, a marca de economia do Global Media Group, fica à frente de títulos como o Jornal de Negócios, o Jornal Económico e o suplemento de economia do semanário Expresso ou a revista Exame.



CONTEÚDO PATROCINADO