Vila do Conde: um roteiro para (re)visitar a cidade banhada pelo rio Ave

Lojas e restaurantes novos, arte urbana e um mercado municipal renovado são algumas das razões pelas quais a cidade banhada pelo Rio Ave merece ser (re)visitada.

«Vila do Conde é uma aldeia em ponto grande», diz Susana Sousa, uma de quatros sócios da Erva Doce Guest House – um projeto familiar de alojamento e casa de chá, que funciona há três anos. Susana explica que apesar da cidade ser pequena, há sempre algo para fazer, quer sejam eventos para participar ou lugares novos para visitar. Esta nova vida da cidade motivou a abertura de uma guest house, onde no rés-do-chão do edifício há uma casa de chá de ambiente romântico, e nos pisos superiores ocupados pelos quartos – quatro duplos e dois com beliches – todos com vista para o Rio Ave e a zona ribeirinha, escolhida por muitos para passeios e corridas, e que agora no outono se enche de estaladiços tapetes de folhas.

Daqui até ao Mercado Municipal do Eng. Duarte Pacheco são cinco minutos, acompanhados por uma paisagem-postal que inclui o Mosteiro de Santa Clara. O mercado sofreu obras de recuperação no ano passado e acolhe agora várias lojas e cafetarias onde também se pode almoçar.

Também recente é a Ti Amo Vila, a primeira gelataria artesanal da cidade, projeto do casal António e Elisabete. Os gelados foram a estrela no verão, mas a oferta não vai estagnar no inverno – chocolate quente com vários sabores, bolos caseiros e torradas prometem aquecer os dias mais frios.

Depois da energia retemperada, os pés fazem-se ao caminho – e dá-se folga ao carro, que a cidade é plana e tudo é perto – para conhecer a história de Vila do Conde. São 200 mil anos narrados ao longo de 19 salas, na exposição «Tempo e Território», no Centro de Memória. A dez minutos dali, no Museu das Rendas de Bilros está exposta a «Maior Renda de Bilros do Mundo», título oficializado pelo Guiness World Records, no ano passado. Além de antigas rendas e coleções de bilros, é possível ver também as rendilheiras a trabalhar. Quem já não trabalha, mas deixou o seu escritório tal e qual como estava em vida, foi o escritor José Régio. Uma das figuras mais importantes da terra colecionou durante anos esculturas de cariz religioso, peças de mobiliário do século XVII e XVIII, pinturas e livros – um acervo exposto na Casa José Régio.

Na Rua do Lidador, por sua vez, Cláudia Pinheiro e Guilherme Fonseca abriram a galeria de arte Linha de Base onde a ideia «é ter artistas que nunca expuseram ou que não entram em galerias mais convencionais», explica a mentora o projeto que acolhe, neste momento, 18 artistas. Na porta em frente, num lugar chamado Bosque Concept Store, Isabel Batista dedica-se a selecionar objetos novos e antigos de decoração, mobiliário, cozinha e estacionário, respeitando uma estética vintage.

Para jantar, encomenda-se um regresso à zona ribeirinha, onde não faltam opções. O recente Solar do Terreiro, está instalado num prédio que recebeu «a primeira drogaria de Vila do Conde», conta André Brites, responsável pelo negócio familiar. A aposta é na comida de conforto – costeletão de vitela, arroz de marisco e filetes de polvo com arroz do mesmo –, sendo o cozido a especialidade de quinta à noite, e a vitela ou cabrito as de domingo. Os tradicionais papos de anjo, que ali são servidos com gelado e molho de frutos vermelhos, são a sugestão de André para sobremesa.

E pode-se terminar a noite noutro lugar com história, entre música e cocktails. No número 8 da Rua da Igreja funcionaram escritórios de médicos, dentistas e advogados, mas Pedro Torres e Rui Martins depois de «andarem a namorar o espaço» tornaram-no bar, mercearia e cervejaria. A Barcearia 1º Piso, cuja especialidade são as bebidas com base de fruta natural, foi um sucesso no verão, graças à enorme esplanada, da qual se avista a Igreja Matriz. Vai continuar a ser um bom lugar para acabar uma visita a Vila do Conde porque a esplanada vai ser coberta e climatizada antes do inverno.

 

FICAR

Erva Doce Guest House
Rua Cais das Lavandeiras, 39/40
Tel.: 919058715
Preço: Quarto duplo a partir de 39 euros com pequeno-almoço incluído

COMER & BEBER

Mercado Municipal do Eng.º Duarte Pacheco
Rua 25 de abril
Todos os dias das 07h00 às 19h00

Ti Amo Vila
Praça José Régio, 125
Tel.: 913205882
Domingo a quinta das 10h00 às 00h00; sexta e sábado das 13h00 às 01h00

Solar do Terreiro
Praça da República, 49
Tel.: 252087211
Terça a domingo das 12h00 às 15h00 e das 19h30 às 22h30
Preço médio: 15 euros

Barcearia 1º Piso
Rua da Igreja, 8
Tel.: 252170114
Todos os dias das 08h30 às 02h00

VISITAR

Casa José Régio
Avenida José Régio
Tel.: 252617506
Terça a domingo das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00
Preço: 1 euro

Museu das Rendas de Bilros
Rua de São Bento, 70
Tel.: 252617506
Terça a domingo das 10h00 às 18h00
Preço: 1 euro

Centro de Memória
Largo de São Sebastião
Tel.: 252617506
De terça a sexta das 10h00 às 18h00
Preço: 1,07 euros
COMPRAR

Linha de Base
Rua do Lidador, 214
Tel.: 916699360
Terça a sábado das 14h30 às 19h00

Bosque Concept Store
Rua do Lidador, 215
Tel.: 935639423
Terça a sexta das 10h30 às 12h30 e das 15h00 às 19h00



CONTEÚDO PATROCINADO