Dez sugestões para dormir e comer à lareira no país

A chegada do frio não significa apenas chinelos e mantas no sofá de casa. Bem pelo contrário! Pelo país existem pequenos oásis à lareira que convidam, precisamente, a abandonar o lar para ir à procura de outros recantos aquecidos a lenha.

De norte a sul, da planície à serra, há fogões de sala modernos e antigos que sugerem o descanso. É tempo de escutar o crepitar do azinho, do sobro, do pinho ou da oliveira. Certo é que com o calor aos pés não há quem resista a uma boa conversa, seja com familiares seja com desconhecidos, enquanto se ajeitam os troncos no fogão de sala. No próximo fim de semana prolongado, se houver fumo, o melhor é ir à procura do fogo. Vai valer a pena.



CONTEÚDO PATROCINADO