Uma casa alentejana sublime para conhecer na Comporta

É um refúgio no coração da Comporta, ideal para umas férias de verão em família e ponto de partida para conhecer o litoral alentejano.

Passa-se a Comporta, a entrada para o Carvalhal e, cinco quilómetros à frente, uma placa destoa na paisagem. Aponta para o Sublime Comporta. O intercomunicador é o primeiro contacto com uma realidade diferente do habitual por estas paragens. Percorre-se o caminho de terra batida, avistam-se edifícios ao fundo, devidamente harmonizados com a natureza em redor.

Há risos vindos da piscina que, na realidade, é a herdeira dos velhos tanques das herdades alentejanas. Tem muro em vez de estar rente ao chão. É lá que um casal se senta aproveitando o sol dos últimos dias de calor. São estrangeiros, do Norte da Europa. Por esta altura, no seu país já não se sai à ruas em casaco. Aqui, estão com os pés de molho e de óculos escuros.

Gonçalo Pessoa recebe-nos entre uma e outra reunião. O piloto de aviação civil descobriu estes 17 hectares de terreno em 2002, comprou-os dois anos depois e em 2011 avançaram as obras. Ao cabo de três anos, estavam concluídas. Abriu em abril de 2014 e hoje são 14 quartos (quatro duplos e dez suites), um restaurante, duas piscinas e dois bares.

As praias do Pego e do Carvalhal, Costa Alentejana pura, são as que estão mais perto

As praias do Pego e do Carvalhal, Costa Alentejana pura, de longos areais e ondas grandes quanto baste, são as que estão mais perto, a apenas meia dúzia de quilómetros. Há um shuttle que faz a ligação às praias, mas quase todos aqueles que aqui chegam vêm em carro alugado. Aproveitam para conhecer a região e o triângulo gastronómico e paisagístico de excelência que se estende entre Setúbal, Comporta e Alcácer do Sal.

Por falar em comida: basta andar meia dúzia de passos e chegar ao restaurante da herdade, também ele Sublime, chefiado por David João e aberto a hóspedes e público em geral. Ao almoço há carta de piscina, sanduíches variadas e massas. Ao jantar, menus de degustação de três ou cinco pratos. O carpaccio de polvo com rúcula e chips de batata-doce é um must da casa. E da região, já que os produtos do mar e da terra em redor estão sempre em alta no Sublime. Depois vem o risotto de beterraba com corvina e crumble de broa.

Basta andar meia dúzia de passos e chegar ao restaurante da herdade, também ele Sublime, chefiado por David João

David tem 27 anos, andou pelo mundo, trabalhou no restaurante Eleven e na Herdade da Malhadinha Nova.A internacionalização vê-se nas pequenas coisas, como na sobremesa tapioca com sorvete de tangerina. Há sol e praia por perto, bem como um spa, com programas de três dias de desintoxicação, aulas de ioga, tratamentos e massagens. E há uma tranquilidade que emana da paisagem alentejana e se estende até às frases de introspeção e incentivo pessoal que estão inscritas nos vidros e nas paredes. O melhor do mundo pode muito bem estar aqui.

O serviço é de proximidade sem ser intrusivo, a oferta gastronómica é regional com o piscar de olhos à modernidade, a localização corresponde a um dos últimos refúgios secretos da Europa. E onde ainda não há turismo massificado. Um dia de sol, um fim de semana a dois ou umas férias em família: agora escolha.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
EN 261-1, Muda, CCI 3954, Grândola
Telefone
269449376


GPS
Latitude : 38.2807346
Longitude : -8.698191299999962


CONTEÚDO PATROCINADO