Uma casa de campo em Ponte de Lima para se estar em família

Passa despercebida a entrada para este turismo rural que é, ao mesmo tempo, uma casa de família, junto ao nó de acesso à A3. Lá dentro, há um espaço de ternura, com jardim e piscina, doces caseiros e fruta biológica. E vista para o vale do rio Neiva, onde pastam rebanhos.

Ana e Rui Silva viviam na Covilhã mas resolveram mudar de vida quando os pais dele lhes doaram um terreno em Anais, Ponte de Lima. Moveram montanhas para tornar realidade um sonho chamado Casa das Anas e abriram finalmente em 2014 a casa de campo situada a dez minutos da vila limiana e em terrenos da Reserva Ecológica Nacional.
Durante algum tempo, a propriedade dos dois professores acolheu as atividades radicais que promovem com a sua empresa, a Alternativa XL. Agora, a proposta é outra: «Fugir da azáfama do dia a dia e recarregar baterias», descreve Ana Silva.

Tudo, mas mesmo tudo, foi pensado até ao mais ínfimo pormenor. «Passámos três anos a recuperar, a lixar e a pintar coisas», conta Ana. Essa dedicação percebe-se em cada canto da Casa das Anas.

 

Na decoração romântica dos quartos – batizados com os nomes das outras Anas da família, as pequenas Beatriz e Matilde –, na conjugação de objetos de família com peças contemporâneas, nos brinquedos e jogos disponíveis na casa, naquilo que Ana e Rui deixam na mesa da cozinha em jeito de boas-vindas.

Para além de encontrarem uma cozinha equipada com tudo o que é preciso para passar alguns dias de férias, quando chegam, os hóspedes têm à espera pão fresquinho, doces e bolos caseiros, bolachinhas de gengibre ou de laranja, kiwis biológicos, enchidos e outras maravilhas. Nos restantes dias, o padeiro deixa o pão fresco no portão da casa. «Fazemos sempre isto, quer sejam dois dias, quer seja uma semana», afiança a professora.

Nas outras divisões, a filosofia é a mesma. «Os hóspedes não têm de trazer nada de casa. Esqueceu-se de trazer Ben-u-ron? Até isso vai encontrar na mala dos Primeiros Socorros», sublinha Ana. No alpendre, virado para a piscina instalada num dos socalcos da propriedade soalheira, até há bicicletas, capacetes e um kit para furos!

«Preparamos sempre tudo como se as pessoas que não conhecemos fossem da nossa família. E quem vem não tem de trazer nada de casa, temos aqui tudo», sublinha. O resto a natureza providencia: a vista sobre o vale do rio Neiva, o chilreio dos pássaros de manhã cedo, o céu estrelado à noitinha… Os hóspedes ficam rendidos. Alguns saem dali amigos.

 

Casa das Anas
Travessa do Rainho, 227, 4990-508 Anais, Ponte de Lima
Tel: 253926399
Web: casadasanas.pt
Preços: 70 euros por noite/quarto (reserva mínima de duas noites) ou 140 euros a casa completa por noite



CONTEÚDO PATROCINADO