Porto: Bibliotecas para levar os filhos no Dia Mundial do Livro

Há 22 anos que a UNESCO comemora o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor a 23 de abril, na data de morte de Cervantes e de Shakespeare. A efeméride não é exclusiva dos mais novos, mas o argumento é suficiente para levar os miúdos às bibliotecas do Porto, este fim de semana.

O ritual repete-se uma vez por mês, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, nos Jardins do Palácio de Cristal do Porto. Têm entre 18 e 36 meses, alguns ainda a formar frases, mas é em torno destes bebés que gira a Bebeteca: Ler antes de Ler. O nome é, por si, bastante explicativo, mas a iniciativa que começou em dezembro do ano passado serve precisamente para ajudar os pais e familiares a incutir desde cedo o hábito de leitura aos mais pequeninos. E no fim de semana em que se assinala o Dia Mundial do Livro, há nova leitura num recanto da biblioteca dedicada ao escritor portuense.

Após inscrição prévia no site das Bibliotecas Municipais do Porto, o ponto de encontro é marcado para sábado, às 10h00, tendo como protagonista a obra «A Lagartinha muito comilona» de Eric Carl. À tarde, pelas 15h30, acontece ainda outra leitura, a Hora do Conto, que este sábado é narrada em inglês com a obra «Cowboys and Indians» para crianças com mais de três anos.

Atividade semelhante acontece também a 22 de abril no antigo Convento de Santo António da Cidade, atual Biblioteca Pública Municipal do Porto. O equipamento histórico vale uma visita por si só, mas este sábado há motivos duplos para aparecer. Além da também Hora do Conto, pelas 15h30, há uma oficina de escrita criativa gratuita para crianças dos 8 aos 14 anos sobre o 25 de Abril. Só é preciso lápis, caneta e imaginação para desenvolver a arte da escrita, tendo como ponto de partida o capitão de Abril e a obra sobre o mesmo «Salgueiro Maia – O Homem do Tanque da Liberdade».

Haverá muitas outras bibliotecas pelo país a repetir o feito. É procurar a mais perto de si e deixar os miúdos com a memória do cheiro inconfundível da madeira e das páginas de papel.

 

Dia Mundial do Livro em Lisboa
Na capital, as bibliotecas da rede municipal organizam o Ler em Todo o Lado com leituras, concertos, teatro e jogos a decorrer desde o início do mês em vários equipamentos da capital. Dias 22 e 23 há apresentações, teatro e música para bebés. Web: leremtodolado.pt

 

Leia também:

Três dias de jogos e aventuras na natureza em Ofir
13 programas para entreter as crianças no fim de semana
Uma rua perto do mar para descobrir em Espinho



CONTEÚDO PATROCINADO