Lisboa: Teatro Maria Matos abre áreas escondidas às crianças

Ateliers de tipografia e de construção de óculos com lentes de teatro, espetáculos de dança e de música compõem um domingo especial dedicado aos mais novos, nos bastidores do Teatro Maria Matos.

«O dia em que o teatro é das crianças» é já este domingo, 5 de março. Quem o diz é o Teatro Maria Matos, que abre áreas normalmente interditas aos mais pequenos e suas famílias, explorando, por exemplo, os camarins e zona técnica com duas oficinas. A iniciativa marca o arranque do programa Lisboa por Dentro, em que vários espaços emblemáticos e menos acessíveis da cidade vão abrir-se ao público até 8 de abril.

No dia 5 de março, as atividades começam logo às 11h00, com três ateliês, que se repetem durante a tarde. O primeiro, destinado aos mais novos, permite construir uns óculos especiais para ver o mundo, a partir de lentes de filtros de projetores de luz de teatro, e decorre no café do Maria Matos. À mesma hora, outro grupo poderá explorar a zona técnica, transformada na oficina «Homem do Saco», onde serão trabalhadas técnicas como a tipografia de carateres móveis, a serigrafia e gravura. Enquanto isso, nos camarins, decorre o terceiro workshop matutino, pensado pelos alunos da pós-graduação em Práticas Artísticas da Escola Maria Ulrich, que vão pôr as crianças a pensar no teatro e nos seus atores, textos, cenógrafos e plateia.

Durante a manhã e a tarde, os mais novos vão ainda poder assistir à história do teatro, contada através de um espetáculo, ou mexer o corpo ao som do DJ set de Pedro Ramos, no salão principal. Na sala de ensaios, haverá ainda espaço para assistir a um espetáculo de dança.

As atividades requerem o levantamento prévio dos bilhetes no Maria Matos, a partir das 10h30, mas quem não tiver oportunidade de o conseguir tem sempre a instalação “Plasticus maritimus”, feita a partir de plásticos encontrados em praias de Lisboa, para ver no foyer do teatro, durante todo o dia.



CONTEÚDO PATROCINADO