Uma antiga garrafeira em Alvalade serve agora petiscos tarde fora

A Tasca Phina é um espaço moderno onde o vinho tem a companhia de petiscos ibéricos. À noite, é possível reservar o espaço para jantares.

Vinhos havia com abundância. Mas quem parava no número 3 da Rua Ricardo Jorge não encontrava petiscos que fizessem companhia ao copo. Até há cerca de seis meses, quando Miguel Mouzinho revolucionou o espaço da antiga garrafeira e herdou as 150 referências de vinhos do antigo proprietário. Abasteceu as prateleiras com whisky, rum, gins clássicos e novos, deu cor à sua Tasca Phina com o vermelho intenso dos balcões e das mesas de pé alto e apostou nas provas de vinhos às segundas.

Mas não ficou por aí. Bom garfo, apreciador de vinhos e boas entradas, Miguel quis dar tempero à casa e juntou os enchidos espanhóis aos seus preferidos nacionais.

«Temos vinhos a copo (2,50 euros) e petiscos ibéricos. Queremos sobretudo ter bebidas de qualidade e trazer para este espaço o hábito espanhol de sair do trabalho e tapear antes de ir para casa», conta Miguel.

O difícil poderá ser mesmo regressar ao lar, já que um enchido pede outro. Pode começar-se pelo presunto pata negra da Estremadura e seguir para o chouriço com massa de pimentão ou o enchido do lombo de porco preto. Daqui salta-se para os queijos, onde apetece repetir o de cabra com ervas aromáticas e o famoso queijo de Castelo Branco. Se houver vontade de transformar o petisco em jantar, não faltam pretextos: a manteiga de cabra e a de ovelha dão sabor reforçado ao pão, bem como os patês de perdiz e javali, que dividem o protagonismo com os pastéis de Chaves, os boquerones espanhóis, o torricado de salmão e o entrecôte de carne maturada trinta dias. Nem doçaria falta para fechar a refeição, com as sobremesas do Atelier do Doce de Alcobaça.

Jantares de faca e garfo, só com reserva. Quando o grupo é grande, Miguel conta com a ajuda do pai, outro entusiasta da gastronomia ibérica, e da mãe. Os pratos são à escolha do freguês e provam-se na aconchegante cave da Tasca Phina, onde a mesa está montada. Fazem um pouco de tudo, mas dizem que as paellas, as cataplanas, a chanfana, a açorda de marisco e o tamboril à Bulhão Pato são algumas das especialidades da casa.

 

TASCA PHINA
Rua Ricardo Jorge, 3 A (Alvalade)
Tel.: 218401394/925676844
Web: facebook.com/TascaPhina
Das 15h00 às 00h00. Encerra ao domingo
Preço médio dos petiscos: 5 euros.



CONTEÚDO PATROCINADO