Tapas, vinho e arte no Clérigos Bar

Este bar fica a dois passos da torre e da igreja que lhe dão o nome, mas quem lá entra mais pensará que está na periferia do Porto, tal é tranquilidade do espaço.

É um bar pequeno e muito acolhedor onde a exiguidade funciona como uma vantagem para um atendimento personalizado e atencioso. “Como é um espaço muito pequeno podemos dar maior atenção ao cliente. Oferecemos umas coisinhas, sugerimos outras e damos conselhos sobre locais a visitar”, explica Argílio Varandas, um dos responsáveis. “No Porto é cada vez mais difícil encontrar sítios que ainda mantêm esta proximidade. Onde nos podemos sentar à mesa com os clientes a tocar guitarra”, acrescenta o sócio Mário Nunes. Os turistas têm gostado tanto que quase todos regressam, nem que seja de táxi, a caminho do aeroporto, só para dizer obrigado e adeus. “É muito gratificante”, afirma Argílio.

O ambiente do Clérigos é tranquilo e sossegado. As condições ideais para beber um vinho e comer umas tapas. No Clérigos recomendam-se o chouriço flamejante, as tábuas de presunto ou queijo e gratinados diversos. Em dias especiais ou por encomenda também há petiscos mais elaborados como o pica pau. Já nas bebidas destacam-se os vinhos tintos ou do Porto, a tradicional receita e o Porto Tónico.

Esta é uma casa de vinhos, tapas e artes. Por isso nas paredes há sempre exposições de quadros ou de fotografias, preferencialmente de artistas locais e sobre o Porto. E, quando terminar o Euro 2016, regressarão as sextas e sábados com música ao vivo. “É um espaço diferente. Juntámos uma guitarra ao chouriço assado. Por isso quem quiser os «bum, bum, bum» é melhor ir para outro lado. Aqui o ambiente é calmo” assegura Argílio Varandas.


 

Clérigos Wine & Tapas Bar
Rua dos Caldeireiros, 164
Horário: Todos os dias das 11h00 até às 02h00
Preços: cerveja 1,5 euros; copo de vinho 3 até 6 euros, pote de receita 8 euros



CONTEÚDO PATROCINADO