A nova carta da Mercantina traz opções vegetarianas

O chef italiano Gigorgio Damasio e o pizaiollo português Diogo Coimbra fizeram-se ao mar e trazem agora sabores surpreendentes à Mercantina, certificada pela AVPN – Associazione Verace Pizza Napoletana.

Ao sabor do verão e das tendências de alimentação saudável, a Mercantina acaba de lançar a opção de pedir qualquer piza com massa integral e reforça a lista de pratos vegetarianos e com sabores de mar na nova carta, disponível nos restaurantes do Chiado e em Alvalade, Lisboa.

Dos 21 novos pratos da carta destacam-se cinco novas massas. Embarcando em Itália em direção a mar alto, o Linguine al sugo di granciporro e pomodoro traz o sabor da sapateira, aromatizada com alho e coentros, enquanto o Tortelli di branzino e crema di peperoni rossi «puxa a brasa à sua sardinha» – ou antes robalo – com recheio de robalo e creme de pimentos vermelhos.

Já o quinotto (risotto feito com quinoa, legumes da época, sementes torradas de linhaça, abóbora e girassol), o orzotto (risotto de cevada com espargos verdes e conserva de cogumelos pleurotus com pesto de ervilhas) e o hambúrguer vegetariano confirmam o cuidado do chef Gigorgio Damasio em elaborar uma cozinha sustentável, saborosa e inclusiva.

Mas as novidades não se ficam por aí, até porque entraram cinco novas pizas. A começar pela Ripieno Napoletano, cuja carne de barriga de porco fresca promete deliciar os mais carnívoros, e pela Dama Rossa, assumidamente picante graças ao salame que a enriquece em tons de vermelho. Quem procurar sabores de mar em formato redondo também encontra, por sua vez, a Maestrale, com tomate, cebola caramelizada, polvo e mexilhão.

A nova carta da Mercantina introduziu ainda dois novos hambúrgueres (de atum e novilho), novas sobremesas e um Trio de Crostini com cogumelos salteados, pimentos assados, anchovas, orégãos, tomate confitado e queijo de cabra gratinado. Um excelente ponto de partida para uma viagem a Itália sem sair da mesa.

 

Leia também:

Massa Fina: novos gelados e pizas artesanais no Estoril
Otto: Há novas pizas em forno de lenha no Cais do Sodré
Vão começar as visitas guiadas ao palácio onde nasceu o «forrobodó»



CONTEÚDO PATROCINADO