Caza: cozinha mediterrânica e cocktails perto do Lux

Em frente à estação de comboios de Santa Apolónia, em Lisboa, abriu em dezembro passado um restaurante com bar.

«Quis colmatar a falta de um espaço onde as pessoas pudessem estar entre o jantar e uma saída à noite, já que estamos perto do Lux Frágil,», explica Marco Cardoso, engenheiro civil de formação, sobre o Caza, que abriu em dezembro do ano passado em Santa Apolónia. Natural de Bragança, Marco mudou-se para Lisboa há mais de 20 anos e viveu outros 10 em Luanda, Angola, onde abriu o seu primeiro restaurante.

Foi com base nessa experiência que desenhou a carta do Caza, executada pelo jovem chef Ricardo Pegado. Há opções mais tradicionais, mas o destaque vai para as tábuas de carne de bovino, como o bife tenro da vazia, com maturação de 30 dias, ou o atum fresco em crosta de sementes de sésamo. Ao almoço, há um menu por 9,90 euros e à noite, o Caza abre as portas até às 02h00, sexta e sábado, funcionando também como bar para quem quer beber uns copos, antes do início da noite.

Se a primeira sala, mais moderna, é o espaço principal de refeições e bar com DJ às sextas e sábados, a segunda destina-se principalmente aos grupos, apesar do ambiente mais formal. Fica mesmo no fundo da sala, por detrás da velha porta com a frase «Sala de Jantar» em grafismo antigo.

É também lá que se encontra uma mensagem gravada na parede: «Esta caza mandou fazer o seu proprietário Lourenço Varela Cid, em 1905». Marco Cardoso não sabe a história com mais de um século daquele espaço, mesmo em frente à estação de Santa Apolónia, em Lisboa, mas ainda assim quis manter a referência e batizar o restaurante de Caza.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua dos Caminhos de Ferro, 98 (Santa Apolónia), Lisboa
Telefone
218871523
Horário
Das 09h00 às 00h00. Sexta e sábado até às 00h00. Não encerra.
Custo
(€) 23


GPS
Latitude : 38.71390239999999
Longitude : -9.123533800000018

 

Leia também:

Lisboa: Teatro Maria Matos abre áreas escondidas a crianças e suas famílias
Mercado do Chocolate adoça Cascais
Porto é a cidade das camélias por uma semana



CONTEÚDO PATROCINADO