Stox Club: Wall Street num bar do Porto

Inspirado no estilo da bolsa de Nova Iorque, no Stox Club do Porto as bebidas têm cotação e o preço sobe ou desce conforme a procura.

Dezasseis anos depois do encerramento da Bolsa de Derivados do Porto, a Invicta volta a ter um mercado de cotações. A novidade é que esta nova bolsa apenas abre à noite e as únicas ações ali cotadas são de bebidas. Os mentores do conceito são Rodrigo Graça Moura, Tiago Pinto Leite e Ricardo Campos Cunha, os três sócios do Stox Club, que se inspiraram no estilo e no elitismo de Wall Street para criar um bar cosmopolita no centro do Porto.

À entrada, uma imagem de Leonardo de Caprio, na pele de Jordan Belfort, o Lobo de Wall Street, e uma nota de 100 dólares dão as boas vindas aos clientes. Aqui o capitalismo selvagem e a especulação desmedida não só são tolerados como são incentivados. O espaço amplo e bem decorado no Passeio dos Clérigos possui uma zona com mesas e cadeiras e uma zona exterior com uma vista deliciosa, mas a verdadeira ação passa-se lá dentro.

Nos vários ecrãs espalhados pelo espaço surgem as cotações das bebidas a transacionar: cerveja, vinho e bebidas brancas. Os cocktails têm cotação fixa. As que estão em baixa (mais baratas) aparecem a verde e as que estão em alta (mais caras) a vermelho.

Obviamente, o objetivo é comprar barato e quem quiser até poderá investir no futuro, comprando dois, três ou mais talões para mai tarde trocar por bebidas ou para revender a quem chegou mais tarde. Como já se disse, aqui especula-se, mas o mercado não é totalmente desregulado. As bebidas têm sempre preços mínimos e máximos para que ninguém seja forçado a abrir bancarrota. Afinal, o objetivo do Stox é divertir os clientes e não levá-los à ruína.

 

 

Stox Club

Rua das Carmelitas, 151 (Clérigos), Porto
Tel: 220131199
Horário: de quinta a sábado das 23h00 às 4h00
Preços: sexta e sábado consumo mínimo 5 euros; cerveja 2,5 (valor médio), brancas 6 (valor médio)

 

 



CONTEÚDO PATROCINADO