O Topo agora também é clube e chegou ao Cais do Sodré

Depois do Martim Moniz e do Chiado, o Topo existe agora também em clube. Fica no Cais do Sodré e é de aproveitar enquanto tem as portas abertas.

Fica no primeiro andar do prédio do Viking, no Cais do Sodré. Já era um bar, o Atelier 29, e a ideia dos responsáveis pelo Topo surgiu pela possibilidade de aproveitar este espaço que estava transitável durante um certo período, não se sabe ainda se de seis meses ou um ano. «Para nós faria sentido, em termos estratégicos, continuar a trabalhar a marca Topo num conceito diferente. E esta era uma zona que nos interessava», diz José Filipe Rebelo Pinto.

Em comparação com os outros espaços do grupo, aqui mantêm-se os cocktails mas a comida, entre hambúrgueres, pregos ou croquetes, é servida num ambiente de pub. Todo o conceito e linha de decoração tem a ver com o Cais do Sodré: sofás em pele, espelhos nas paredes pretas, um enorme lustre e um néon em cima do bar. «É totalmente inspirado num red light, que é aquilo que o Cais do Sodré realmente é», explica José Filipe, de regresso onde tudo começou. «Comecei o meu projeto aqui em 2004, com as quintas-feiras no Jamaica. Entretanto, fiquei com o Texas, depois com as noites do Europa, lancei aí after hours e agora regressei à base, doze anos depois», recorda.

O espaço tem programação de DJs de quarta a sábado, sublinhando o formato de clube da marca Topo, que quer crescer pela parte musical. «Às quartas é um ambiente mais de hip hop/r’n’b, às quintas damos continuidade ao Indiefrente, um conceito que já tínhamos no Martim Moniz; às sextas é o DJ Leote, que faz parte dos Meninos da Linha, uma onda mais eletrónica; depois, ao sábado, regressamos a um registo mais comercial», descreve João Rodrigues, gerente e chefe de bar. Enquanto estiver em funcionamento, é só subir as escadas e aproveitar.

Topo Clube
Travessa do Corpo Santo, 29, 1.º andar, Cais do Sodré
Tel.: 914650079
Facebook: TopoClube
Das 19h00 às 02h00, sexta e sábado até às 03h00. Encerra às segundas.
Preço: Cocktails entre 7 e 9 euros, gin entre 7 e 14 euros, cerveja 2 euros



CONTEÚDO PATROCINADO