Nortada é a nova cerveja do Porto e tem nomes da cidade

A cerveja que sai das cubas da nova Fábrica de Cervejas Portuense já se pode encontrar em várias lojas, cafés e restaurantes do norte do país. A Nortada quer distinguir-se como uma cerveja «de proximidade», dedicada ao Porto e ao norte. Para já, a marca apresenta cinco estilos que cobrem um bom leque de gostos.

A mais corrente, que é como quem diz, a que vai ao encontro do tipo de cerveja a que os portugueses estão mais habituados é a Lager Porto. Os outros estilos foram batizados com o nome de várias freguesias da cidade: Bonfim (uma Vienna lager), Massarelos (Indian pale ale), Miragaia (Brown porter) e a Campanhã (Imperial stout).

O projeto da Fábrica de Cervejas Portuense – que funciona em Sá da Bandeira, mesmo na baixa da cidade – inclui, além do lançamento da marca, a criação de um restaurante e um bar nas mesmas instalações da fábrica. Estes só serão inaugurados perto do verão.

As cervejas foram pensadas pelos dois jovens mestres cervejeiros Diana Canas e Francisco Santos, que admitem querer fazer nos próximos tempos outros estilos de cerveja, sempre com matéria-prima de excelência. O seu objetivo é promover a cultura da cerveja em Portugal, apresentando alguns estilos menos comuns.

Tiago Talone, responsável, juntamente com Pedro Mota, por este projeto, explica que a ideia de regionalidade é uma das forças da marca. «Nortada lembra o vento fresco do norte» que muitas vezes varre a cidade e as praias. A cerveja já está à venda em alguns restaurantes, bares e cafés no Porto, Matosinhos, Gaia e Maia.



CONTEÚDO PATROCINADO