Crítica de Fernando Melo: 5 vinhos do Monte da Ravasqueira

Completa 15 anos de vindimas sucessivas o Monte da Ravasqueira. Esforço de equipa, interpretação de terroirs, e melhoramentos sistemáticos encostaram a empresa ao topo.

O manifesto inicial do Monte da Ravasqueira comprometia a casa a produzir o melhor que o Alentejo tem para dar. Os passos iniciais de excelência foram dados, com estudos profundos dos solos, declives, drenagem e exposição solar, para instalar as diversas castas que hoje compõem o património vitícola da casa, ao longo de cerca de 45 hectares.

De forma sustentada, foram-se definindo perfis, marcas e estilos, até se chegar à estabilidade de portefólio que se sente e prova actualmente.

Pedro Pereira Gonçalves é o director de enologia e produção, secundado por Vasco Rosa Santos e juntos têm consolidado a gama, em toda a sua extensão. Damos conta dos que pontuaram melhor na nossa avaliação, mas há muito por descobrir e desbravar, especialmente nos monocastas, quase todos emblemas excelsos no cenário nacional. Boas provas!

Veja acima a seleção de Fernando Melo



CONTEÚDO PATROCINADO