Chegou a primeira cerveja mini artesanal portuguesa

Chama-se Blonde, vai ser vendida no formato ideal para o verão e é apenas uma de duas novidades da cervejeira Lince.

A Blonde é efetivamente loira, fresca e pensada para o calor do verão. Trata-se de uma de duas novidades no catálogo de cervejas da Lince, a cervejeira lisboeta que esta semana lançou duas novas variedades no mercado.

À cítrica e de cor âmbar Belgian Pale Ale – a primeira e até aqui única cerveja produzida pela Lince – juntam-se então a American IPA, de aroma frutado e feita com quatro lúpulos americanos, e a Blonde, mais tradicional, leve, dourada e vendida em pequenas garrafas de 25 cl, isto é, em formato mini.

A cerveja Lince nasceu em 2016, criada por António Carriço e Pedro Vieira, com uma forte ligação à conservação da espécie que lhe dá nome, o lince ibérico. Hoje, as cervejas são produzidas numa fábrica em Marvila, bairro a que muitos já apelidam de Lisbon Beer District, até porque serve de casa a outras duas marcas lisboetas, a Dois Corvos e a Musa. As duas novas cervejas da Lince já estão à venda, mas só a Blonde pode ser comprada em versão mini de 25 cl.

 

Leia também:
Nortada é a nova cerveja do Porto e tem nomes da cidade
7 bares para beber cerveja artesanal com produção própria
Abriu um bar dedicado à cerveja no Cais do Sodré



CONTEÚDO PATROCINADO