8 vinhos portugueses que fazem companhia a uma boa salada de verão

(Fotografia de Igor Martins/GI)
Numa salada admite-se tudo, exceto falhas na qualidade dos produtos. E nos vinhos que as acompanham. Estas são as oito escolhas perfeitas.

Sempre que ouvimos “vou fazer uma salada” em casa de amigos, sentimos de forma inconfessa que vamos comer menos bem, ou que se vai tentar fazer mais comida para fazer frente aos comensais de última hora. Os ventos são outros, hoje, e até há já uma luta silenciosa pela melhor salada. A opção saudável supera a vegan, a anti-glúten e a da renúncia à proteína animal. Na verdade, em bom português, não é nada disso. Numa boa salada, admitimos tudo, exceto falhas na qualidade dos produtos. Gostamos de vinagretes, de resto. Adoramos frutos secos. E sobretudo desejamos a diferença, que acolhemos de braços abertos.

Veja em baixo a lista completa de vinhos perfeitos para acompanhar cada uma das saladas.

Aveleda Alvarinho Vinho Verde branco 2016 | Quinta da Aveleda
Salada de pêra rocha com rúcula e sementes de abóbora. A pêra laminada fininho, o azeite a dar corpo ao conjunto, e um vinho de uma das mais nobres castas brancas de Portugal a brilhar. Perfeito.

Papa-Figos Douro branco 2016 | Sogrape
Salada de pêssegos assados no forno com pimenta preta. Há várias formas de terminar esta preparação, mas a ideia base é tratar o pêssego como vitela, vocação primordial do vinho duriense.

Quinta das Marias Lote Dão branco 2015 | Peter V. Eckert
Salada de figos frescos confitados em crème fraiche. É uma quase sobremesa, e uma quase refeição, ao mesmo tempo. A dimensão pouco explorada de uma boa salada.

Q do E Bairrada Bairrada branco 2015 | Quinta do Encontro
Carpaccio de ananás com azeite e flor de sal. A ideia e o objectivo de estabelecer uma plataforma de crus que valorize e promova o vinho, aqui conseguida no pleno. Possibilidade de variar.

Lezíria Tejo branco 2016 | Adega Coop. Almeirim
Almeirim foi outrora região fecunda e grande fornecedora dos brancos Fernão Pires que fizeram as graças e glórias dos portugueses. Aqui é chamado este vinho a acompanhar salada fria de favas com chouriço. Delícia.

Cerejeiras Colheita Seleccionada Lisboa branco 2015 | Sanguinhal
Salada de grão com aipo e pimenta preta. Tão completa é que parece um prato completo. E é-o, na verdade, com os ingredientes bem processados. Delícia com o vinho, fusão conseguida.

Pegos Claros Blanc de Noirs 2015 | Pegos Claros
Um vinho totalmente contra a corrente, baseado na vinificação de bica aberta, obtendo-se mostos sem qualquer traço de cor. A estrutura está lá e pega bem numa salada Waldorf com condimentos fortes.

Vicentino Sauvignon Blanc Alentejo branco 2015 | Frupor
O ambiente do vinho já é por si salino, mas apetece apostar numa salada de algas bringidas com toranja, juntamente com frutos secos, tudo regado e hidratado com azeite trufado.



CONTEÚDO PATROCINADO