Um trilho açoriano com vista

Inaugurado há pouco mais de um ano, o Grande Trilho de Santa Maria prolonga-se por 78 quilómetros, percorrendo de lés-a-lés a mais antiga ilha do arquipélago.

Grande Trilho de Santa Maria, assim se chama esta grande rota, a segunda a ser inaugurada em todo o arquipélago dos Açores, é composta por um percurso circular com uma extensão de 78 quilómetros, que dá a conhecer a mais antiga ilha dos Açores, surgida há cerca de oito milhões de anos. Encontra-se dividida em quatro etapas, com cerca de 20 quilómetros cada, todas com início e fim numa das freguesias rurais da ilha, englobando todos os geossítios, todas as áreas do Parque Natural e todas as baías da ilha.

Para além das simples caminhadas, o trilho foi também pensado de modo a poder permitir outras atividades ao ar livre como Geocaching, observação de aves, BTT ou trail running. A primeira etapa tem início na Vila do Porto e prossegue até à Pedreira do Campo, onde podem ser apreciados fósseis e lavas subaquáticas a mais de 100 metros de altitude. Outro ponto alto desta primeira etapa é a passagem pela Ribeira dos Maloás, uma impressionante formação geológica, em tudo idêntica à famosa “Calçada de Gigantes” na Irlanda do Norte, resultante do contacto do mar com uma escoada lávica, que originou uma queda de água com cerca de 20 metros.

Um fenómeno que se volta a encontrar na segunda etapa, entre o Cardal e o lugar do Norte, na espetacular cascata do Aveiro, que desagua no mar, de uma altura de cerca de 100 metros, junto à pequena localidade da Maia. O trilho entra agora numa das zonas de maior beleza paisagística de toda ilha, que atinge o auge no Miradouro do Espigão, de onde se avista toda a Baía de São Lourenço, com a sua praia de areia branca ladeada por abrutas encostas, onde são cultivadas as vinhas em socalcos.

No lugar do Norte, a terceira etapa prossegue até ao topo do Pico Alto, o ponto mais elevado da ilha, com quase 600 metros de altitude, descendo depois para o Barreiro da Faneca, cujas argilas de cor avermelhada lhe valeram a denominação popular de “deserto vermelho”. De novo junto ao mar, continua-se em direção à localidade dos Anjos, também conhecida por ter sido o primeiro local de desembarque de Cristovão Colombo, no regresso da sua primeira viagem ao continente americano.

A parte final do percurso prolonga-se agora entre a orla costeira e a vedação do aeroporto, outrora um dos mais importantes do mundo, por ter servido de escala entre os continentes americano e europeu, avistando-se de novo, ao longe, a Vila do Porto, ponto de partida deste périplo.

 

Dormir em antigos palheiros

Para complementar o Grande Trilho de Santa Maria, foi também inaugurada, no início deste ano, uma rede de ecoalojamentos, denominada de “Ilha a Pé”, em 5 antigos palheiros tradicionais. Por apenas 100 euros, os caminhantes têm assim ao dispor uma opção de pernoita, com todas a comodidades, no final de cada uma das etapas.
www.ilhape.com

 



CONTEÚDO PATROCINADO