Todas as novidades da Viagem Medieval de Santa Maria da Feira

Está quase a começar a maior feira medieval do país e a 21.ª edição traz muitas novidades e clássicos que ninguém quer perder.

O centro histórico de Santa Maria da Feira está trajado a rigor para recuar ao século XIV, aos tempos difíceis da fome, peste e guerra. O reinado de D. Afonso IV, rei de Portugal e do Algarve, será decalcado em várias recriações históricas num ambiente a condizer. A 21.ª edição da Viagem Medieval em Terra de Santa Maria começa esta quarta-feira, 2 de agosto. Durante 12 dias, o coração do burgo feirense transforma-se completamente para retratar uma época complexa da história nacional – apesar de tantas contrariedades, el-rei lá consegue gerir o reino com perspicácia.

Até 13 de agosto, o centro da Feira é medieval da cabeça aos pés. Há tabernas com comida da época, carnes de caça e sandes de porco com fartura, sangria com vários frutos e vinhos, doces e bolos de diversos feitios mais húmidos ou mais secos, uma rica variedade de frutos secos, objetos feitos à mão vendidos por artesãos trajados, tendas com chás, áreas temáticas para respirar o tempo de um outro século, aventuras para miúdos, espetáculos de grande formato, cortejos medievais, banhos públicos, a bela história de amor de Pedro e Inês contada num antigo convento, e, claro está, algumas novidades. A pulseira de acesso ao recinto medieval já está à venda e o relógio começou a contagem decrescente para a maior recriação histórica dos tempos medievais do nosso país.

Para conhecer todas as novidades, e o que de imperdível há para fazer no recinto, percorra a fotogaleria acima.



CONTEÚDO PATROCINADO