Oficinas para famílias e espetáculos gratuitos em Serralves

O culminar da Semana das Camélias do Porto acontece a 11 de março, em vários espaços da Fundação de Serralves. A flor é celebrada com atividades gratuitas para crianças durante todo o dia.

O tiro de partida pode ser dado junto à vermelha Colher de jardineiro, (escultura também conhecida por «pá»), onde pelas 11h00 de sábado tem início um peddy-paper. Famílias presentes no jardim de Serralves, entregues as sacas com várias pistas no interior e estão reunidas as condições para dar início ao passeio sobre o mote «O Jacques, o conde e as camélias».

Durante a manhã, crianças e acompanhantes vão ser orientados pelas arquitetas paisagistas Ana Catarina Antunes e Mariana Abranches Pinto para descobrir, pista a pista, a história de Jacques Gréber, que trabalhou nos desenhos do jardim e da casa habitada pelo Conde de Vizela.

A atividade é uma das primeiras da Festa de Encerramento das Camélias, que irá decorrer em diferentes zonas do Parque de Serralves, das 10h00 às 18h00, e que é o culminar de uma semana dedicada à flor japoneira que a cidade assumiu como símbolo – e que terá ali chegado aquando da época dos Descobrimentos.

Entre workshops de cozinha e de ciência, penteados floridos, leituras encenadas e espetáculos de poesia e canto, há algumas atividades que merecem especial destaque.

Para Norma Pott, responsável pela programação da XXII Exposição de Camélias do Porto, é incontornável a referência à oficina em redor da obra de Joan Miró, cuja mostra Materialidade e Metamorfose está na Casa de Serralves até 4 de junho. Pelas 14h00, na Alameda dos Castanheiros, os mais novos terão acesso às formas e cores emblemáticas de Miró para, a partir destas, fazer nova construção ligada a camélias.

Em jeito de despedida, no espaço Ténis de Serralves acontece o único espetáculo em que as crianças são artistas. Camélias de cá e de lá (ou daqui e dali) conta com a presença de mini bailarinos do Estúdio B, que vão encher o jardim de ainda mais cor nas últimas horas de festa, ao representar uma viagem pelos vários países de onde a flor é oriunda.

Inscrições: dmj@cm-porto.pt

Leia também:

Parque do Buçaquinho: um paraíso natural em Ovar
Porto é a cidade das camélias por uma semana
Panquecas para provar num histórico café do Porto

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua D. João de Castro, 210, Porto
Telefone
226156500

Website

GPS
Latitude : 41.15979149266715
Longitude : -8.659665461307554

 



CONTEÚDO PATROCINADO