Odemira: À volta de um Alentejo diferente

Dois percursos complementares à Rota Vicentina, que permitem conhecer um Alentejo diferente, sempre com vista para o imenso espelho de água da barragem de Santa Clara.

A Rota Vicentina é composta mais de 400 quilómetros de trilhos e caminhos pedestres, que cruzam de lés-a-lés o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina. Destes, cerca de 50 quilómetros correspondem a cinco pequenas rotas circulares, recentemente criadas, que complementam os dois percursos principais, o Caminho Histórico (pelo interior) e o Trilho dos Pescadores (junto ao mar), dando a conhecer, ainda com mais pormenor, toda a riqueza cultural, paisagística e social de um dos mais bem preservados troços costeiros da Europa.

As novas Rotas de Santa Clara são um desses casos. Tendo como centro a aldeia de Santa Clara, este percurso é composto por duas pequenas rotas circulares, que quando somadas perfazem um total de 23 quilómetros. Pode-se assim escolher entes fazer ambos os trajetos ou apenas um deles, bem como o local de início e de chegada da caminhada, que tanto pode ser em Santa Clara como na vizinha aldeia de Sabóia.

Tanto uma como outra, são merecedoras de visita atenta e demorada, afinal, este é um Alentejo bem diferente daquele que se apresenta no litoral, a poucas dezenas de quilómetros de ali. E merece por isso ser saboreado com vagar, ao ritmo de um passeio em família ou entre amigos, parando em locais como a fonte do Azinhal, para matar a sede com a sua famosa água fresca, antes de se seguir caminho em direção à pitoresca estação dos caminhos-de-ferro.

A barragem de Santa Clara, em tempos a maior de Portugal, está agora cada vez mais próxima. É o seu imenso lago, plantando em plena serra, que torna tão especial este pequeno recanto de Alentejo, feito de choupos, freixos e salgueiros, onde nem sequer falta um pequeno rio com cheiro a poejo, o Mira, a quem os locais chamam carinhosamente de Ribeiro.

Web: pt.rotavicentina.com

 

Outros percursos

Para além das duas Rotas de Santa Clara, são mais três os percursos circulares e de curta duração acrescentados ao mapa da Rota Vicentina. O das Dunas do Almograve (8 km) percorre o litoral da praia selvagem do Brejo Largo, enquanto o das Hortas de São Luís (3,5 km) revela a tradição agrícola da freguesia que lhe dá o nome, onde junto à aldeia, abundam pequenas quintas, hortas e pomares. Já o do Troviscais ao Mira (11,5 km) dá a conhecer toda riqueza natural das paisagens ribeirinhas ao Mira.

 



CONTEÚDO PATROCINADO