A praça que fez História e ainda hoje faz mexer o Porto

Uma das praças que mais importância teve na Implantação da República em Portugal.

A Praça da República é um dos pontos centrais da cidade e para ela afluem sete ruas. Foi mandada abrir por João de Almada e Melo, grande obreiro da expansão urbana do Porto, para logradouro público no então chamado Campo de Santo Ovídio. Pouco depois, a rainha D. Maria I mandou construir o Quartel de Santo Ovídio para albergar o 2º Regimento de Infantaria do Porto, o que fez que a praça tivesse sido palco de alguns momentos político-militares importantes, nomeadamente a concentração das tropas liberais em 1820, o encontro do Batalhão de Caçadores nº 9 e a Infantaria 10 na Revolta de 31 de janeiro de 1891 e ainda como sede do posto de comando nortenho na revolução de 25 de abril de 1974. É agora um jardim tranquilo da cidade, com algumas estátuas ilustres e alguns lugares que vale a pena conhecer.

 

mapa-ev069-patricia

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.



CONTEÚDO PATROCINADO