À descoberta dos mais belos jardins de Ponte de Lima

Mais de um milhão de visitantes já passou pelas doze edições do Festival de Jardins de Ponte de Lima. Até outubro, pode conhecer mais jardins que são obras de arte para conhecer, no recinto do festival que fica do outro lado do rio Lima, depois do passeio ribeirinho de Arcozelo.

Jardins das Descobertas é o tema da 13ª edição do Festival Internacional de Jardins que decorre até Outubro e, para quem partir da vila, já leva a viagem como passeio. Para lá chegar, atravessa-se a ponte sobre o Lima e passa-se pela sua ribeira verde.

Há 12 jardins para ver, tantos quantos os vencedores do festival, que são de oito países de três continentes e se espalham por 2,5 hectares. Este ano, há até um tesouro de piratas escondido num dos jardins que desafia os visitantes mais atentos.

Estes jardins são construídos por um grupo já experiente na matéria de funcionários municipais que, a cada ano, executam os projetos vencedores. Este ano, foram mais de cem os candidatos que enviaram desenhos de jardins, avaliados por um júri presidido pelo arquiteto paisagista Caldeira Cabral.

A reciclagem de materiais é nota dominante em todas as edições e evidencia a criatividade com que aqueles funcionários trabalham para concretizar as ideias, por vezes mirabolantes, dos autores dos jardins. Entre outubro e maio, o recinto é um autêntico estaleiro para estes outros artistas.

O Festival Internacional de Jardins já recebeu vários prémios internacionais e tem vindo a colocar Ponte de Lima na rota dos jardins do mundo. O tema de 2018 é O Clima nos Jardins e já há candidaturas abertas.

Festival Internacional de Jardins 2017Exposição aberta até 31 de outubro
Tel: 258900400.
Horário: julho e agosto das 10h00 às 20h00; em setembro, das 10h00 às 12h00 e das 13h30 às 19h00; em outubro, das 10h00 às 18h00. Encerra sempre à segunda de manhã.
Bilhete: normal 1 euro, 0,50 euros para séniores e grátis até aos 12 anos.



CONTEÚDO PATROCINADO