Uma rua do Porto que está na moda

Descubra esta rua do Porto e o que há porta a porta.

A Rua do Almada está a mexer, não para de receber novos inquilinos, sem perder alguns sítios de referência. Entre comida exótica e os petiscos da madrugada, lojas históricas e de vanguarda, objetos vintage e design contemporâneo e até uma fábrica de amêndoas, este é um reconhecimento que vale mesmo a pena fazer na Invicta.

 

Ferragens e Chocolates

A Rua do Almada – artéria paralela à Avenida dos Alia­dos, que une a Praça da Repú­blica à Rua dos Clérigos – foi a primeira do Porto a ser cons­truída fora do perímetro da mu­ralha fernandina, na década de 1760, e deve o seu nome a João de Almada e Melo, grande impulsionador da expansão urbana.

Descê-la ou subi-la, conso­ante a partida, é encontrar uma união entre o passado, que nos acena das lo­jas de aços e ferragens (e que criou, no século passado, a reputação da rua), e o presente, a vibrar em novas lojas e restau­rantes.

«Era uma rua de trabalhos. Quem esti­vesse esti­vesse em Braga, Pena­fiel e precisasse de al­guma coisa, vinha à Rua do Almada», confir­ma António Martins, que trabalha na Chaves Martins (nº 434) há 17 anos.

Na Açome­tais (nº 513), José Pinto, um dos três sócios, conta que a quinquagenária loja, fun­dada por Constantino Ribeiro, «era conheci­da no país todo, tanto por ser uma das mais antigas [da área] como por ter uma grande variedade de produtos», caraterística que ainda hoje mantém. Se hoje há apenas uma meia dúzia de lojas de ferragens, na década de 1980 não era assim. «Devia haver o do­bro», lembra José Batista, funcionário da Raul Santos Lda. (nº 590).

No entanto, a loja vende toda a ga­ma de chocolates, algumas amêndo­as e até produtos de pastelaria, que po­dem ser provadas no lugar que mantém ainda a sua decoração original, como os azulejos e os armários de madeira.

Restaurantes novos e velhos

Quase tão antigo como a Arcádia é o res­taurante Chien Qui Fume, famoso pelo seu ambiente vintage, conseguido gra­ças aos objetos antigos expostos na sala, e pela sua gastronomia internacional. Mais re­cente, porém já com estatuto de velho amigo para a geração dos 40 anos, o Café Pontual é porto seguro para uma francesinha tardia e outros petiscos.

Quem prefere pratinhos para partilhar pode contar com os petiscos portugueses do Tascö, com os montados espanhóis d’O Pintxo e com as combinações imprová­veis, quentes ou frias, do Copos & Cusquices.

As novidades deste ano são a DeGema Hamburgueria Artesanal, restaurante de Braga que se estreou no Porto ali no Al­mada para conquistar a cidade – tem fi­las para almoçar e jantar praticamen­te todos os dias.

E também o restaurante Mondo Deli, projeto de Christian, desig­ner, e Marcus, jornalista tornado cozi­nheiro, que se apaixonaram pela cidade há três anos e trocaram a Alemanha pe­lo Porto. A aposta é a cozinha do mun­do, privilegiando os produtos locais e de época. E com abertura prevista para es­tes dias está o Grigio, um espaço de pizas em forno de lenha e comida mediterrânica.

Comprar vintage e contemporâneo

Depois do repasto há muitas razões para cal­correar os passeios estreitos desta rua que tem mais charme nas entranhas do que seu aspeto – uma rua portuense comum, apesar das fachadas burguesas -, marcado por um estacionamento intenso.

É provável que se­ja preciso fazer desvios pelas obras que, em vários pontos, esgravatam prédios degrada­dos sem saber o que dali irá nascer. Há algum tempo, de um desses rés-do-chão nasceu a concept store Almada 13, que reúne cinco lo­jas ligadas ao design, e a marcas contempo­râneas de roupa, decoração, acessórios, cal­çado, num corredor que termina com doçu­ra. A loja do fim é a Miss Pavlova, que serve, à fatia, a especialidade australiana.

Várias marcas de moda, gourmet e de­coração também se encontram na Alma­da em Branco, no lugar do extinto Opor­to Craft Market. Fica mesmo em frente a outra estreia na rua – o Hard Rock Café, já vende merchandising na loja da mar­ca mesmo antes de ter aberto a cafetaria. Mas quando se fala em música na Rua do Almada, há duas palavras que ocorrem de imediato aos conhecedores: Louie Louie, a loja de vinis de fachada amarela, que é uma referência no Porto.

No capítulo das lojas, há quatro novos projetos, bem diferentes entre si. No Wild at Heart, Rita deu casa às peças vintage e em segunda mão que vende, depois de quatro anos em feiras. Na loja Vida de Artista, que saltou do Armazém, em Miragaia, para a Rua do Al­mada, há pintura, fotografia, serigra­fia e roupa feita à mão num lugar que é qua­se uma galaria de arte.

A Pulp fica em frente à Chua, e as proprietárias cumprimentam-se de uma loja para a outra, a meio da ma­nhã, reforçando aquilo que se ouve um pou­co por toda a rua: «Somos como uma famí­lia.» Na primeira destacam-se as peças para casa em terracota, as obras em cerâmica em tons pastel, as medusas suspensas tricota­das em cobre com plantas dentro e a joalha­ria marca Pulp. Na segunda a atenção é para a roupa irreverente para bebé e criança, de­senhada por Olímpia.

Pela Noite Dentro

E mesmo depois de o sol se pôr, há boas ra­zões para continuar no Almada, como a car­ta de cocktails e a música ao vivo do bar Fi­ca na Rua ou as sessenta referências de cer­veja do Almada 437 – The Beer House. Ou ainda a oferta de cafetaria, granizados e iced coffees do Castelo.

E quem vier de fora encontra ali muito onde dor­mir, entre hotéis, guesthouses, hostels e apartamentos. Destaca-se a Almada Guesthouse, instalada num edifício de arquitetura burguesa e mercantil dos séculos XVIII e XIX, que acolhe oito quartos. Apesar da renovação que o prédio sofreu, foi feito um esforço para se manter a sua com­partimentação original, assim como os mag­níficos tetos trabalhados.

 

Moradas e Contactos

Comprar

Almada 13, N.º 13. Tel.: 223216002 Horário: de segunda a sábado das 10h00 às 20h00; domingo das 13h00 às 19h00

Arcádia, N.º 63. Tel.: 222001518. Horário: de segunda a sexta das 09h30 às 19h00; sábado das 09h30 às 17h30

Almada em Branco, N.º 125. Horário: todos os dias das 10h00 às 20h00

Louie Louie, N.º 307. Tel.: 222010384 Horário: de segunda a sábado das 10h30 às 19h00

Castelo, N.º 315. Tel.: 223235648 Horário: de segunda a quinta das 10h00 às 00h00; sexta e sábado das 10h00 às 02h00; encerra ao domingo

Pulp, N.º 315. Tel.: 914763336 Horário: de segunda a sábado das 14h00 às 19h00; encerra ao domingo

Grigio, N.º 344. Horário: De terça a quinta, e domingo, das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 00h00; sexta e sábado das até à 01h00; encerra à segunda

Chua, N.º 348. Tel.: 223186518 Horário: de segunda a sexta das 10h00 às 18h30; sábado das 10h00 às 13h00; encerra ao domingo

Wild at Heart, N.º 473. Tel.: 220923793 Horário: segunda das 14h30 às 19h30; de terça a sábado das 11h00 às 13h30 e das 14h30 às 19h30

Comer e Beber

Tasco, N.º 151. Tel.: 222010763 Horário: todos os dias das 12h00 à 01h00 Preço médio: 15 euros

Degema Hamburgueria Artesanal, N.º 151. Tel.: 223227432 Horário: todos os dias das 12h00 às 00h00 Preço médio: 10 euros

O Pintxo, N.º 301. Tel.: 916001112 Horário: de segunda a quinta das 16h00 às 00h00; sexta e sábado das 18h00 às 02h00. Preço médio: 10 euros

Fica na Rua, N.º 349. Tel.: 917774108. Horário: De segunda a quinta, das 18h00 às 01h00; Sexta e sábado, das 18h00 às 04h00; domingo das 18h00 às 01h00

Café Pontual, N.º 350. Tel.: 222088917 Horário: de segunda a sexta das 12h00 às 02h00; sábado a partir das 12h30; domingo das 19h00 às 02h00. Preço médio: 7 euros
7 euros

Vida de Artista, N.º 353. Tel.: 919704040 Horário: de terça a sábado das 14h00 às 19h00; encerra domingo e segunda

Copos e Cusquices, N.º426. Tel.: 918911152 Horário: de terça a quinta das 18h00 às 00h00; sexta e sábado até às 02h00. Encerra à segunda. Preço médio: 7 euros

Almada 437- The Beer House, N.º 437. Tel.: 910635555 Horário: terça das 19h00 à 01h00; quarta e quinta das 17h00 à 01h00; sexta e sábado das 17h00 às 03h00; encerra ao domingo

Mondo Deli, N.º 501. Tel.: 222033084 Horário: de quinta a sábado das 20h00 às 00h00. Preço médio: 15 euros 0; encerra ao domingo

Ficar

Almada Guesthouse, N.º353. Tel.: 924140692 Preço médio: quarto duplo a partir de 50 euros (pequeno- almoço incluído)

 

 

Nota: No dia 10/10/2016, às 11h00, a informação relativa à data de início de construção desta rua foi retificada.



CONTEÚDO PATROCINADO